Esthela Viana

agosto 14, 2008

O Incrível Hulk vira verde e amarelo

Filed under: Uncategorized — blogjoresthelaviana @ 1:48 pm
Tags:

Para os fãs do quadrinho “O Incrível Hulk” o filme pode parecer uma decepção, mas para os mais desavisados que entram no cinema apenas para deixar o mundo em segundo plano o filme é pleno de surpresas.

O longa tem inicio explicando como o intrépido cientista Bruce Banner foi amaldiçoado pela radiação gama que o transformou no verdíssimo (e cada ver mais forte) Hulk. Durante essa cena, acompanhamos a namorada do nosso protagonista, a Dra. Betty Ross,  que quase morre durante o primeiro surto de Bruce. Este por sua vez foge ao descobrir que o pai da garota, o General Thunderbolt Ross, pretende usar sua peculiar condição como uma arma de guerra.

Em dois logos anos de fuga Banner chega ao Rio de Janeiro, onde ele inicia a busca por uma planta tupiniquim que poderá livrá-lo da radiação. Enquanto isso, para não ficar com muito tempo ocioso ele treina artes marciais para relaxar. E claro que nosso herói não poderia viver sem dinheiro, assim ele arruma um emprego em fábrica de guaraná, onde conhece uma estonteante morena (a atriz brasileira Débora Nascimento). No entanto, em um péssimo dia para o desafortunado cientista, além de um cabelo rebelde ele participa de um acidente que  coloca o exército novamente em sua cola.

No filme a favela da Rocinha tem uma participação muito especial logo do inicio da nossa aventura. Esta aparição brasileira acrescenta ao blockbuster uma oportunidade única de ver o talento das equipes brasileiras que realizaram as filmagens, além do português improvisado pelos americanos que fizeram o papel de moradores da favela.  Essas cenas por si só já fazem valer o ingresso da sessão. Quem sabe numa próxima aventura o nosso amigo Golias Esmeralda possa até topar com o Capitão Nascimento e sua tropa de elite antes de encontrar o Capitão América e o resto da trupe da Marvel.

Em relação ao primeiro filme da franquia o filme evoluiu pouco. Mesmo com esse pequeno detalhe o filme conta com uma edição muito bem feita, que faz com que o loga tenha duas caracteristícas que a Marvel e o diretor (Edward Norton) desejavam: Ação e História. Sendo assim só podemos declarar: “Hulk esmaga!”.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: